Bus Ride Notes
Lançamentos / Playlists

VEIO AÍ – Lançamentos de Setembro

Já devo ter falado isso antes, mas não vi setembro passar. Tô ficando véio ou sendo vencido pelo capitalismo – bem possível as duas coisas. Tento ficar de olho diariamente na interwebs pra poder trazer conteúdos legais aqui, mas nem sempre a rotina permite. Normalmente a gente tem que editar essa lista, mas neste mês ela foi um pouco mais curta. Talvez a gente tenha perdido alguma coisa, ou talvez não tenha rolado muita coisa mesmo.

Só pra reforçar: 1) para ter seu material publicado aqui, escreve pra gente no busridenoteszine@gmail.com; 2) se gosta do que fazemos aqui, temos uma campanha recorrente no Apoia-se. Ajuda nóis a continuar produzindo! E 3) Disponibilize seus materiais em TODAS as plataformas! Seu público escolhe onde quer te ouvir. Procuramos colocar aqui na coluna links do Youtube por ser democrático, acessível e GRATUITO.
Bora pra mais uma!

4n4 Not Found – Tired

Nova integrante do roster da Big Cry Records, a artista 4n4 Not Found (aka Ana Ishihara) chegou chegando com seu pop punk gótico suave fofinho – que a gente mal espera pra ouvir mais!
Acompanhe 4n4 Not Found pelo Instagram.

Charlotte Matou um Cara – Atentas

– saiu o disco da Charlotte
– A
– já começa BRABO
– RAPAIZ
– top 5 do ano fácil

– me senti levando voadora na cara (gif da Chun-Li)
Trecho de um diálogo real entre o editorial do Busão, no dia do lançamento de “Atentas”. Será que curtimos? Ouve aí e tire tuas conclusões.
Acompanhe a Charlotte pelo Instagram.

Coletânea Panela de Pressão

Bastante ativo há algum tempo no noroeste paulista, promovendo e apoiando roles, o coletivo Panela de Pressão publicou sua primeira coletânea, com 24 bandas – muitas das quais já falamos na Discografia Caipirópolis.
Acompanhe o Coletivo Panela de Pressão pelo Instagram.

Constantina – Haveno (Edição 10° Aniversário)

Uma das minhas bandas instrumentais preferidas de todos os tempos, os belorizontinos lançaram uma reedição bonitassa remasterizada do “Haveno”, contando também com algumas versões inéditas ao vivo e acústicas. Lindo!
Acompanhe Constantina pelo Instagram.

Eugênio – Espelho Invisível

Quem acompanha o Busão já conhece a banda de Sorocaba que apareceu por aqui em resenha e na Discografia Caipirópolis. Depois de dois EPs, agora eles se preparam pro lançamento do primeiro disco, “Dentro Da Caixa, Fora Do Mundo”, previsto ainda pra 2021. “Espelho Invisível” é seu primeiro single.
Acompanhe Eugênio pelo Instagram.

Existentialisters – Mr.Flipper

Single de estreia da galera de Fortaleza – aquele grunge punk garage riot grrrl que a gente já quer muito ficar suado dançando no show.
Acompanhe Existentialisters pelo Instagram.

Labrador – Um Devaneio no Centro do Rio de Janeiro

Emo com influências de bossa e samba antigos? Temos. O single de estreia do projeto Labrador é, claro, mais uma empreitada da incansável Big Cry Records (em breve a fornecedora oficial dessa coluna).
Acompanhe a Labrador pelo Instagram.

Marginal Zero – Só Fé

A banda de emo rap (?) de Canoas, RS traz em seu som uma mistureba de gêneros. Em setembro eles lançaram seu segundo EP, “Só Fé”. Segundo a banda, “A estrutura da capa, apresenta um conceito trabalhado desde o primeiro EP, ‘A Verdade Vai Bater’ (2020), em que temos um personagem que vaga pelas favelas num intuito de um dia mudar o cenário da sua comunidade. Se nele o personagem era mais jovem e revoltado, agora ele é apresentado como um adolescente, numa fase de mudanças e transformações, e também a realidade de uma forma mais sensível aos ouvidos de quem não está acostumado a escutar o ponto de vista oposto”.
Acompanhe Marginal Zero pelo Instagram.

MIDRA – Maré

Climão gostoso, ambient com boas camadas de guitarras e synths – assim é o novo single de MIDRA, expoente da música alternativa e independente nacional. De forma introspectiva e bastante pessoal, “Maré” tange sentimentos como angústias, solidão, ansiedade, vulnerabilidade, luto e ademais questões de saúde mental agravadas pela pandemia.
Acompanhe MIDRA pelo Instagram.

Peixe Frito – Humanos em Conserva

Desde 2018 tocando o terror em Pau dos Ferros, RN, a Peixe Frito lançou seu primeiro disco. São seis faixas cheias de indignação e zueira embaladas naquele punk rock que a gente pira.
Acompanhe Peixe Frito pelo Instagram.

SLVDR – 結び

Cinco anos após o disco “Presença”, os cariocas trazem o EP 結び (leia “Musubi”), com suas tradicionais influências no math- e post-rock e experimental. Quatro boníssimas faixas pra curtir uma brisa – seja lá qual for a tua.
Acompanhe SLVDR pelo Instagram.

Social Breakdown – Yellow September

Primeiro material após o EP “Just My Lazy Way to Be” (2019), os punk rockers paulistanos soltaram o single “Yellow September”, que endossa a campanha importantíssima pela saúde mental promovida durante este mês. Procure ajuda e use a música como ferramenta para lidar com seus demônios – bom demais, te garanto.
Acompanhe Social Breakdown pelo Instagram.

The Daily Spreadsheets – Keep

Fazendo um indie/powerpop alla Superdrag, o projeto The Daily Spreadsheets (alcunha do artista baiano radicado em Minas Gerais, Henrique Neves) trouxe ao mundo “Keep”, que é o primeiro single do disco “A Thing Again”, previsto para janeiro próximo.
Acompanhe The Daily Spreadsheets pelo Instagram.