Bus Ride Notes
Lançamentos

VEIO AÍ – Lançamentos de Janeiro

Mais um mês, mais (muitos) lançamentos.

Lembrando que: 1) Estamos disponíveis pra te ouvir e trocar uma ideia! É só mandar mensagem nas redes sociais: Twitter e Instagram, ou escreva pro busridenoteszine@gmail.com.

2) Coloque seu material em TODAS as plataformas! Disponibilize informações básicas em TODAS as redes sociais! Deixamos de publicar muitos materiais aqui por não encontrá-las. Sério mesmo.

E 3) Queremos MUITO dar espaço pra mais artistas do interior, e também das regiões norte, nordeste e centro-oeste (exceto DF). Conhece alguém desses lugares? Manda pra cá!

4) Temos uma campanha contínua no Apoia.se que agora conta com novas recompensas. Tá foda pra todo mundo, eu sei, mas se puder, ajuda nóis a continuar produzindo!

a terra vai se tornar um planeta inabitável – o fim é um começo

O projeto de música experimental lança seu segundo EP, que marca um novo começo da banda com a nova formação. Segundo a banda, “o fim é um começo” mistura slowcore, shoegaze, spoken word, screamo e até um pouco de MPB em suas músicas melancólicas, com temas de fim de mundo, relacionamento e despedidas. O EP conta também com a colaboração de caru magnolia em várias faixas. Lançamento do selo quituts.
Siga a terra vai se tornar um planeta inabitável no Instagram.

Aberração – The Future Suck’s

A banda de grindcore de Bauru, SP lançou seu novo álbum. Em suas letras, “The Future Suck’s” fala “sobre como o futuro não é nada do que imaginávamos antigamente. Não temos tecnologias avançadas como nos filmes, somente decadência, destruição do meio ambiente e ignorância em larga escala. São faixas que nos fazem refletir sobre o que queríamos, o que temos e o que deixaremos para a próxima geração”. Lançamento em parceria com a Brado Records.
Siga Aberração no Instagram.

Attempt Number Three – Temporary State

Primeiro EP do jovem quarteto de Viradouro, SP, que une elementos de post-punk, shoegaze, emo e indie em sua sonoridade.
Siga Attempt Number Three no Instagram.

Desacato Civil – Paz Entre Nós, Guerra Entre Classes

A banda paulistana de punk rock lançou seu novo álbum, “Paz Entre Nós, Guerra Entre Classes”. Segundo Desacato Civil, “o disco tem como conceito, a tentativa de levantar o que está acontecendo na conjuntura social e política do século XXI, com algumas propostas do que acreditamos ser possibilidades de mudança, para construir um novo projeto de sociedade que não seja hiper individualista”. Lançamento da Red Star Recordings.
Siga Desacato Civil no Instagram.

Líquido – Although

Segundo single da carreira de banda de Campo Grande, MS, formada em 2023, que aposta numa sonoridade nu-metalcore super moderna e arrojada. A banda está em processo de gravação do seu primeiro EP. Lançamento por Nightless Records.
Siga Líquido no Instagram.

Memorial para uma inexistência – Uma cigarra na minha janela.

Após uma demo lançada em 2023, a banda de emoviolence lança seu EP de estreia, “Uma cigarra na minha janela.”. Memorial para uma Inexistência é o projeto solo de Gabi Teixeira e, mais uma vez, teve um lançamento com faixas inteiramente compostas, gravadas, e mixadas por Gabi.
Siga Memorial para uma inexistência no Instagram.

Odiosa – Repúdio

A banda de crossover de Recife, PE lançou seu novo single. “Repúdio” foi lançada junto de um clipe e fará parte do álbum de estreia da banda, “Selva de Pedra”, que será lançado em março de 2024.
Siga Odiosa no Instagram.

Ofício Infame – Enigma

A banda de punk rock de Porto Alegre, RS lança seu EP de estreia. Segundo Ofício Infame, “Enigma” consiste em “uma sonoridade direta que tem como tema central das composições a existência humana no mundo contemporâneo, focando em dilemas existenciais que vão além das mazelas políticas”.
Siga Ofício Infame no Instagram.

Queimando Seus Reis – Sobrevivência

Em 2023 a banda sorocabana de hardcore Make It Stop se transformou em Queimando Seus Reis e neste janeiro relançaram o EP “Sobrevivência” com uma repaginada que reflete as mudanças e o atual momento da banda.
Siga Queimando Seus Reis no Instagram.

Querida, Faça As Malas! – Festa No Meu Quarto

“Festa No Meu Quarto” é o segundo single do próximo álbum da banda paulistana de skacore, “Tá na Chuva, Abraça o Capeta”. A música mostra o lado mais punk rock da banda, porém com suas marcas registradas: melodias e riffs grudentos, bateria forte e presente, e letra divertida com um tom introspectivo. Arte de capa por Vítor Martins e lançamento da Big Cry Records.
Siga Querida, Faça As Malas! no Instagram.

Rancor – S/T

O supergrupo de fastcore nortista lança seu álbum de estréia. Com influências do punk, grindcore, powerviolence e hardcore, o disco tem letras diretas voltadas para uma visão política anarco-comunista com uma pitada de humor em músicas com menos de um minuto. Lançamento em parceria dos selos Desvastion e 137 Cultural.
Siga Rancor no Instagram.

Rashness Originals – Amanhã

A banda de punk rock do DF teve seu início em 2000 e seus trabalhos encerrados em 2007. Recentemente os integrantes retornaram aos ensaios e palcos com o nome Rashness Originals, e após o lançamento do disco “Existência” (2023), lançam agora o single, “Amanhã”.
Siga Rashness Originals no Instagram.

Ravel – Impermanente

Após uma série de singles, a banda paulistana de punk rock lança seu álbum de estreia. “Impermanente” marca a nova fase da banda, com nova formação, e traz letras com reflexões sobre o cotidiano e questões sociais.
Siga Ravel no Instagram.


Lançamentos

VEIO AÍ – Lançamentos de Dezembro

Mais um mês, mais (muitos) lançamentos.

Lembrando que: 1) Estamos disponíveis pra te ouvir e trocar uma ideia! É só mandar mensagem nas redes sociais: Twitter e Instagram, ou escreva pro busridenoteszine@gmail.com.

2) Coloque seu material em TODAS as plataformas! Disponibilize informações básicas em TODAS as redes sociais! Deixamos de publicar muitos materiais aqui por não encontrá-las. Sério mesmo.

E 3) Queremos MUITO dar espaço pra mais artistas do interior, e também das regiões norte, nordeste e centro-oeste (exceto DF). Conhece alguém desses lugares? Manda pra cá!

Bananas Caipiras – Alternatréche

O jovem quarteto de Brasília, como o título sugere, mistura rock alternativo dos anos 90 com trash dos 60 em seu primeiro álbum, recheado de letras bem-humoradas.
Siga Bananas Caipiras no Instagram.

Barragem – Aberração/Girls

O ano foi movimentado para a banda paulistana, após dois singles e um EP (todos lançados em 2023) Barragem retorna com o single duplo “Aberração/Girls”. Segundo a banda, as faixas são influenciadas pelo punk e metal, citando Deafheaven, Discharge e Nirvana, e suas letras “compartilham o tema de anseio e demanda pela liberdade de ser e viver de acordo com sua identidade, sua personalidade e suas escolhas”. Mais uma vez Barragem trabalhou com Luke Mello na produção e Lucas Carmo na arte de capa.
Siga Barragem no Instagram.

Capote – Joelho Ralado

O single de estreia da banda de Santos, SP tem influências do emo e rock alternativo dos anos 90 e 2000, eles citam como influências Sunny Day Real Estate, Hum e Title Fight. Segundo a banda, “a letra condensa a angústia das ilusões e desilusões do amor jovem e da tomada de atitudes recheadas de incertezas, fazendo um paralelo do ardor físico de um ralado com a dor de um coração partido”. “Joelho Ralado” fará parte do EP de estreia da banda, que será lançado em março de 2024.
Siga Capote no Instagram.

Dharma Numb – II

Após os singles “Complexo” e “Ícaro”, o supergrupo paulistano de hardcore melódico (que conta com (ex-)membros de Garage Fuzz, Reffer, Rawfire, Angular, Bullet Bane, Urutu e Gigante Animal) lança seu segundo EP. “II” representa uma nova fase da banda, que agora também compõe letras em português. A arte de capa é de Pedro Paulo Melara e lançamento de Algohits.
Siga Dharma Numb no Instragram.

jonabug – Three Dead Flowers

Após o EP de estreia, “Big Ego, No Self Esteem”, lançado em julho de 2023, a banda de Marília, SP lança o single “Three Dead Flowers” que tem grande influência de shoegaze e indie rock noventista. Segundo a banda, a letra “simboliza a solidão de um filho dentro de um casamento instável; pai, mãe e filho que estão sempre em conflito e que, no fundo, sabem que jamais serão uma família normal e feliz”.
Siga jonabug no Instagram.

Jurema Juice – Barbara Blues

“Barbara Blues” é o mais recente de uma série de singles lançados pela banda de Maceió, AL. Essa é também a primeira música da banda com letra em português e, segundo eles, “tem traços nordestinos, tanto na sonoridade quanto na letra, cantada com expressões regionais”.
Siga Jurema Juice no Instagram.

Manchester Fluminense – Auge e Decl​í​nio (2013​-​2023)

O emo brasileiro está vivíssimo, obrigado (vide, entre outros, os lançamentos de novembro). Após os singles “Pequena Knives” e “Juventude Perdida (Tenente Jardim)” o duo carioca lança seu álbum de estreia. “Auge e Decl​í​nio” foi produzido, gravado e mixado em casa pela própria banda entre 2022 e 2023 e carrega suas influências (majoritariamente emo e indie rock dos anos 90) desde o som até a arte de capa. Segundo o duo, “Manchester Fluminense soterra em distorção as histórias de nascer, crescer e viver em uma cidade industrial falida que hoje serve apenas de dormitório para mais de um milhão de trabalhadores”.
Siga Manchester Fluminense no Instagram.

Olivia Yells – Theory of Ends

Após o EP de estreia, “Waiting Room”, lançado em maio de 2023, a artista curitibana volta com novo single e clipe. Como sugere o título, “Theory of Ends” fala sobre o fim de um relacionamento amoroso e carrega influências do grunge e punk rock. Lançamento da No Sun Records.
Siga Olivia Yells no Instagram.

Oyster – Hellp

O quarteto de hardcore melódico e skate punk (com aquela velocidade toda que a gente adora) de Florianópolis, SC lança seu novo single. Segundo a banda, a música se chama “Hellp” pois “a vida é um inferno e a gente precisa se ajudar a navegar por essa loucura toda”.
Siga Oyster no Instagram.

Subterrânea – Sibila

EP de estreia do quarteto feminino de doom metal de Brasília, que conta com integrantes de outras bandas como Estamira, Soror e Isaurian. Segundo a banda, o EP “traz um pouco da experiência feminina, destacando a bruxaria como um lugar de proteção, conforto e força, buscando mergulhar nas profundezas do feminino e em toda a sua magia fazendo uma conexão com a Natureza”.
Siga Subterrânea no Instagram.

Undostais – Ai de mim/ Frustra​ç​ã​o/ Fadiga/ Desesperan​ç​a/ De Mal a Pior/ Lamentável

A banda afropunk e post-hardcore compila em um EP os singles lançados durante os últimos meses. Undostais também fez clipes para todas as faixas do EP e a maioria deles já está disponível no canal do Youtube da banda.
Siga Undostais no Instagram.


Lançamentos

VEIO AÍ – Lançamentos de Novembro

Mais um mês, mais (muitos) lançamentos.

Lembrando que: 1) Estamos disponíveis pra te ouvir e trocar uma ideia! É só mandar mensagem nas redes sociais: Twitter e Instagram, ou escreva pro busridenoteszine@gmail.com.

2) Coloque seu material em TODAS as plataformas! Disponibilize informações básicas em TODAS as redes sociais! Deixamos de publicar muitos materiais aqui por não encontrá-las. Sério mesmo.

E 3) Queremos MUITO dar espaço pra mais artistas do interior, e também das regiões norte, nordeste e centro-oeste (exceto DF). Conhece alguém desses lugares? Manda pra cá!

As Más Notícias – As Más Notícias

A cena feminina de Curitiba está em ebulição nos últimos anos (graças a deusa!), e aqui está o material de estreia de um destes novos nomes. Gravado analogicamente em fita pelo lendário Chucrobillyman, e lançamento pela Zoom Discos.
Siga As Más Notícias no Instagram.

Buster – Spotlights

Comemorando 20 anos de estrada, a banda de hardcore melódico e skate punk de Salvador, BA lança seu segundo (!!) EP do ano.
Siga Busta no Instagram.

chão de taco – difícil

A banda de rock triste de Piracicaba, SP lança seu álbum de estreia. Assim como o EP homônimo (2021), “difícil” tem influências do emo (em particular o brasileiro) e shoegaze e suas letras falam, em grande parte, sobre amor e sobre lidar com as dificuldades do dia-a-dia.
Siga chão de taco no Instagram.

coletânea – O Pop é Punk, vol. 2

Projeto bacanudo do selo argentino Grudda Records, esta coletânea traz 17 bandas nacionais fazendo sua interpretação punk rocker de hits da música brasileira dos anos 1970. Me chama pro volume 3!
Siga Grudda Records no Instagram.

Felipe Sanches – Wild Side

O compositor Felipe Sanches lança seu EP de estreia. “Wild Side” tem influências do punk clássico (Ramones, The Clash) e moderno (IDLES, Turnstile) e foi produzido, mixado e masterizado por Luke Mello (Homeninvisível, Querida Faça as Malas, Barragem), que também gravou toda a bateria.
Siga Felipe Sanches no Instagram.

Memorial State – Live At Room 27

Após “Fix”, lançado em maio deste ano, a banda de Porto, Portugal formada pelos brasileiros Leo DaCosta, Thiago Abreu e Gui Toledo, lança seu novo EP. Com influências de punk e emo, “Live At Room 27” é o registro audiovisual de quatro músicas inéditas. A estética com cores em profusão, visual floral (já tradicional da banda) e atmosfera noventista permeiam a imagem em vídeo. O EP está disponível nas redes de stream e você pode assistir a session no canal da banda no Youtube.
Siga Memorial State no Instagram.

Metade de Mim – Pressentimento

A banda paulistana que tem influências do emo estreia nova formação em seu single mais recente. Segundo eles, “‘Pressentimento’ é sobre tentar aprender o sentido da intuição e qual sua função no dia a dia”.
Siga Metade de Mim no Instagram.

Pasalacqua – Autossabotagem

O duo curitibano lança seu single de estreia. Formada por Gabe Salmazo (Bravonas) e Chico Silveira (Flower Twins), Pasalacqua traz músicas com contraste entre melodias leves e distorções pesadas (influência do pop punk e emo dos anos 2000), adicionando beats eletrônicos (influência de bandas como The Cure e New Order). “Autossabotagem” é também o primeiro de sete singles que serão lançados pela banda.
Siga Pasalacqua no Instagram.

Perdendo Cores – Canto por Necessidade

O trio de rock alternativo nascido em Belém, PA, mas criado em São Paulo lança seu novo single, sucedendo o excelente EP “Mal Resolvido” (2022). A faixa conta com produção de Gabriel Zander e João Lemos (Molho Negro).
Siga Perdendo Cores no Instagram.

Polara – Partilha

Após longos 14 anos, o tão aguardado terceiro álbum da banda paulistana está entre nós! Trilha sonora constante para quem usava ICQ e hoje tem dor no ciático, os veteranos entregam 10 faixas repletas de narrativas amadurecidas com um toque do seu nonsense característico.
Siga Polara no Instagram.

Querida, Faça As Malas! – Ginkgo Biloba

Após o disco de estreia, lançado em fevereiro de 2023, a banda paulistana de ska lança seu novo single. Na pegada skacore (ou ska-punk) de Rancid e Less Than Jake, “Ginkgo Biloba” traz também a influência de bandas do pop punk. A música foi lançada junto de um videoclipe que remete aos clipes de bandas dos anos 2000 como blink-182 e Sum 41. “Ginkgo Biloba” fará parte do próximo álbum da banda, “Tá na Chuva, Abraça o Capeta”, ainda sem data de lançamento. Arte de capa por Vítor Martins e lançamento da Big Cry Records.
Siga Querida, Faça As Malas! no Instagram.

Trash No Star – Single Ladies

A banda carioca estreia nova formação com o relançamento de “Single Ladies”. A música é uma das primeiras composições da banda e foi regravada nessa nova fase. Sua letra fala sobre ser mulher, querer se divertir e ter a liberdade para fazer isso. Segundo a vocalista Lety, “Quando compus ‘Single Ladies’ eu tava fervilhando nas conexões com outras mulheres, participando de coletivos feministas, iniciando o debate sobre questões de gênero e passando pelo processo de desconectar de alguns padrões de quem cresceu entre os ‘caras'”. “Single Ladies” fará parte do terceiro álbum da banda, “Existir é Resistir”, que será lançado em 2024 pelo selo Efusiva e Coletivo Lança.
Siga Trash No Star no Instagram.

Tropikaos Chaga – Focos de Resistência

O duo de punk rock e street punk de Porto Alegre, RS lança seu segundo EP. O projeto, “qual o objetivo é se divertir nas roubadas do circuito underground”, se prepara pra lançar seu primeiro álbum completo em 2024.
Siga Tropikaos Chaga no Instagram.

Um Quarto – De Nossas Vidas

O emo brasileiro está, mais uma vez, muito bem representado neste post. Após o EP “Do Que Somos Capazes” (2019), o trio carioca lança seu álbum de estreia. Com grande influência de midwest emo e math rock, “De Nossas Vidas” traz entre suas mensagens principais amizade, união e apoio como forma de sobreviver aos anos de confusão jovem, o que remete ao título. Segundo a banda, “esse disco é onde nós realmente encontramos o nosso som”.
Siga Um Quarto no Instagram.

Wi Fi Kills – Same-Thing Variation

Mais uma banda curitibana nesta lista, que delícia! Aqui temos o novo EP do quarteto que se inspira em ficção científica/tecnológica pra criar um som poderoso que bebe do synth pop, do garage, do surf e do punk. Lançamento também pela Zoom Discos.
Siga Wi Fi Kills no Instagram.


Lançamentos

VEIO AÍ – Lançamentos de Outubro

Mais um mês, mais (muitos) lançamentos.

Lembrando que: 1) Estamos disponíveis pra te ouvir e trocar uma ideia! É só mandar mensagem nas redes sociais: Twitter e Instagram, ou escreva pro busridenoteszine@gmail.com.

2) Coloque seu material em TODAS as plataformas! Disponibilize informações básicas em TODAS as redes sociais! Deixamos de publicar muitos materiais aqui por não encontrá-las. Sério mesmo.

E 3) Queremos MUITO dar espaço pra mais artistas do interior, e também das regiões norte, nordeste e centro-oeste (exceto DF). Conhece alguém desses lugares? Manda pra cá!

Animal Trees – Espelho Trincado

Após os EPs “the sun/the moon” (2018) e “Reflected” (2020), o projeto solo do compositor capixaba Vitor Toledo, lança novo álbum. Assim como os lançamentos anteriores, o disco é de música instrumental baseada em loops, alinhando-se aos post-rock, experimental, alternativo e eletrônico, mas dessa vez contendo uma sonoridade mais melancólica e expressiva. É também a primeira vez que Vitor inclui vocal (majoritariamente falado ou spoken word) em algumas faixas, com letras que abordam temas como conflito interno, autoimagem distorcida e fragmentada, e a confusão entre realidade e sonho. Arte de capa por Lele Reis e lançamento da Confusão Records.
Siga Animal Trees no Instagram.

Artrodeze – Desconfortar

A banda do Distrito Federal lança seu single de estreia. Com influências de nu metal, hardcore e emocore, o quarteto liderado pela paraskatista Jai Abrantes distila letras que abrangem desde questões existencialistas até fortes críticas sociais de cunho ativista.
Siga Artrodeze no Instagram.

Bravo e Meio – Complicando Coisas Simples

A primeira banda de Campo Grande, MS aparecendo por aqui? Bravo e Meio lança seu novo EP, que é uma espécie de apanhado de toda a trajetória da banda. A faixa “O Que Te Torna Mais Real” foi composta em 2006 e teve várias versões até sua primeira gravação, nesse EP. “Hipérbole” foi composta em 2012 e concluída no estúdio, no dia da gravação. “Obrigado, Mas Não Obrigado” e “Na Berlinda” são mais recentes, e segundo a banda, “transmitem bem o rumo que a Bravo e Meio pretende tomar: melodia, braveza, instrumentais cativantes e letras cheias de sentimento”. Arte de capa por Caio Alvex.
Siga Bravo e Meio no Instagram.

Cardamomo – Meridiano

O trio instrumental de Porto Alegre, RS acaba de lançar seu segundo álbum. Com uma sonoridade que mescla rock alternativo, indie, pós-punk, pós-rock e math-rock, o disco é fruto de um projeto de financiamento coletivo realizado em 2021. O trabalho contou com os singles “Acelerado”, “Farol” e “Woo Pt. 2”, todos com videoclipes produzidos por Frederico Demin.
Siga Cardamomo no Instagram.

Ceano – Manhã

Terceiro single do ano dos queridos de Campinas, SP. Seguindo a linha sonora influenciada por brasilidades de “Pra Te Receber” e “Jardins”, será que devemos aguardar um novo álbum para 2024?
Siga Ceano no Instagram.

Desacato Civil – Século XXI

Semanas após o lançamento do disco comemorativo “10 Anos ao Vivo”, o quinteto de hardcore punk paulistano retorna com mais um single, anunciando um novo álbum para breve.
Siga Desacato Civil no Instagram.

E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante – Linguagem

Os queridinhos dos shoegazers lançaram o tão aguardado sucessor do álbum “Fundação” (2018). O novo EP, “Linguagem”, foi gravado durante dois anos, com início durante a pandemia, e o lançamento marca uma década da banda. Arte de capa por Beatriz Carvalho e lançamento da Balaclava Records.
Siga E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante no Instagram.

Enigma Ex Machina – Blurring Thoughts, Flawless Lines

A banda paulistana de prog metal lançou seu novo álbum, “Blurring Thoughts, Flawless Lines”.
Segundo EEM, “a principal proposta é a apresentação de temas cotidianos com uma camada sonora densa e complexa, buscando sempre manter os ouvintes nas pontas dos pés a cada passagem”.
Siga Enigma Ex Machina no Instagram.

Funérea – Acidentes

A banda paulistana “punk demais pro emo e emo demais pro punk” lançou em 31 de outubro seu EP de estréia. “Acidentes” é recheado de punk rock, hardcore, Halloween e mais.
Siga Funérea no Instagram.

Garrafa Vazia – Visceral!

2023 foi movimentado para os punk rockers de Rio Claro, SP. Após o lançamento de dois splits com as bandas argentinas Garrafa Social e Cara de Culpable Anarko Punk, a banda lança seu segundo EP desse ano, “Visceral!”.
Siga Garrafa Vazia no Instagram.

Klitoria – ACHO QUE ISSO É UM SINAL

Após os singles “Armadilha” e “Skate Karate”, a banda de punk-trash-garage-post-punk de Niterói, RJ lança seu álbum de estréia. No seu canal do Youtube você pode assistir um pequeno making of do disco.
Siga Klitoria no Instagram.

Liträo – Apodrecer / Mãos Atadas

A banda de sludge e hardcore Rio de Janeiro acaba de lançar seu novo EP, que além das faixas “Apodrecer” e “Mãos Atadas”, ainda inclui um cover da saudosa I Shot Cyrus.
Siga Liträo no Instagram.

Mini Lamers – Luta ou Fuga

Mini Lamers lança seu álbum de estreia. Navegando pelo indie, elementos eletrônicos e acústicos, “Luta ou Fuga” fala sobre “liberdade, medos de abandono e resiliência”. O disco foi lançado junto do clipe de “Seja Livre Perto de Mim”, que “é um convite a nos relacionarmos afetivamente de formas mais saudáveis e livres”.
Siga Mini Lamers no Instagram.

Nathan Motta – The Hedgehog’s Dilemma

O compositor e produtor Nathan Motta lança seu segundo álbum solo. Assim como o disco de estreia, “The Abstract City” (2022), “The Hedgehog’s Dilemma” foi gravado, mixado e masterizado por ele mesmo, e segue dentro da música minimalista mesclando indie, post-punk, synthpop e mais.
Siga Nathan Motta no Instagram.

Os Gatunos – Lokahi

O trio de surf rock instrumental de Brasília acaba de lançar seu novo EP. Segundo a banda, a expressão lokahi é o valor havaiano do trabalho em equipe. “Quando me torno uma unidade com tudo à minha volta, estou vivendo Lokahi”.
Siga Os Gatunos no Instagram.

Personas – Cair para Trás

A banda de São José dos Campos, SP, que tem influências de emo e shoegaze, lançou “Cair para Trás”. O novo single fará parte do seu segundo álbum, “Qualia”, que está com uma campanha aberta no Catarse.
Siga Personas no Instagram.

Pullovers – Antideprê

Ai ai, meu coraçãozinho indie de jovem que cresceu com internet discada nos anos 2000 mal deu conta da notícia deste retorno, imagina com não só uma, mas DUAS músicas novas? Este single conta com um clipe bacanudo (veja abaixo), produzido pelo artista multimídia Perdido, com quem os paulistanos colaboraram na faixa “Trabalhar na MTV” há alguns meses.
Siga Pullovers no Instagram.

Ventilador de Teto – Vizinhança

Caracteristicamente passando por vários subgêneros do rock (e mais), a banda carioca Ventilador de Teto (VDT para os íntimos) lançou seu novo EP, com direito a um clipe para a faixa “Santa Teresa”.
Siga Ventilador de Teto no Instagram.


Lançamentos

VEIO AÍ – Lançamentos de Setembro

Mais um mês, mais (muitos) lançamentos.

Lembrando que: 1) Estamos disponíveis pra te ouvir e trocar uma ideia! É só mandar mensagem nas redes sociais: Twitter e Instagram, ou escreva pro busridenoteszine@gmail.com.

2) Coloque seu material em TODAS as plataformas! Disponibilize informações básicas em TODAS as redes sociais! Deixamos de publicar muitos materiais aqui por não encontrá-las. Sério mesmo.

E 3) Queremos MUITO dar espaço pra mais artistas do interior, e também das regiões norte, nordeste e centro-oeste (exceto DF). Conhece alguém desses lugares? Manda pra cá!

De Carne e Flor – A Última Canção do Mundo Não É Essa

Dando o tom da porrada que será seu próximo material (ouvi dizer que é um disco cheio), a banda mais bonita da Grande São Paulo coloca seu coração pra fora da forma mais singela e brutal possível neste novo single. Aguardamos o que mais vem por aí!
Siga De Carne e Flor no Instagram.

Dennehy – Mr. Catharsis

Ainda mais eletrônica que “Little Less Rough”, este novo single dos brasilienses une guitarra e baixo pesados com sintetizadores, garantindo um climão de suspense. Correspondendo às camadas vocais de Luna, o vídeo foi totalmente feito pela própria banda, numa pegada meio filme de terror amador de algumas décadas atrás.
Siga Dennehy no Instagram.

desvio – seu curso é fixo

A banda de hardcore, neocrust e screamo de Vitória, ES lança seu álbum de estreia. Formada por Fernando Nandolfo (voz), Igor Allochio (bateria) e Vitor Toledo (guitarra) a banda adiciona efeitos, synths, samples e feedbacks, que trazem uma atmosfera experimental para as músicas. “seu curso é fixo” tem influências de Catharsis, His Hero is Gone, Jeromes Dream, Orchid e Usurp Synapse e participação de Jéssica Lima em “O poder da palavra, pt.2”. Arte de capa é por Bia Bia e lançamento da Lua Negra Rec.
Siga Desvio no Instagram.

Felipe Sanches – This Is the Pirate Radio

O compositor Felipe Sanches lança uma leva de singles nesse segundo semestre e “This Is The Pirate Radio” é o mais recente. Influenciado pelo punk, grunge e indie rock, a letra fala sobre “o sonho de ‘viver uma vida rock n’ roll‘, desde os anseios de um artista independente até o momento de juntar as guitarras em sua cidade natal no interior e partir rumo a capital cosmopolita que é São Paulo”. A faixa foi produzida, mixada e masterizada por Luke Mello (Homeninvisível, Querida Faça as Malas, Barragem), que também gravou bateria e percussão.
Siga Felipe Sanches no Instagram.

Gloios – Brinquedo

Novo EP da banda de um homem só, que se inspira em nomes como Mogwai, Sigur Rós, Deafheaven, Isis e também tem influências da MPB. Segundo ele, “‘Brinquedo’ é focado em sonhos de infância esquecidos, mas relembrados, inconscientemente, depois de muito tempo”.
Siga Gloios no Instagram.

Inês é Morta – Ilha

Com inspiração “soturna e solitária de contrastes: romances e desilusões, diálogos intensos e introspecção, esperança e desespero”, o quarteto paulistano expande sua percepção e execução de post-punk. O novo álbum, de 11 faixas, conta com a participação de Livia Cianciulli (Anvil FX) em “Ilha”, e Edgard Scandurra (Ira!) em “Vida em paranoia”.
Siga Inês é Morta no Instagram.

lōtico – Oran

Seguindo a linha estética de “Ressonância” (2022), explorando passagens tanto limpas quanto agressivas, o quinteto post-metal paulistano entrega tudo (e mais um pouco) em seu primeiro álbum. Quase 40 minutos de puro deleite.
Siga lōtico no Instagram.

My Magical Glowing Lens – Sobrevoar

Gabriela Terra se prepara para o lançamento do segundo álbum de seu projeto solo com o single “Sobrevoar”. Segundo Gabriela a música “é sobre tentar compreender os outros, sobre abrir mão da sua própria visão pra tentar entender a visão do outro. Mas traz também a virada, que é quando você percebe a armadilha que está caindo. Pois, por mais que a gente tente, nunca será possível chegar até a visão do outro sem perder a nossa própria”.
Siga My Magical Glowing Lens no Instagram.

natália carreira – ANTIPÁTICA

A artista brasiliense, que define a sua música como MTB: Música Triste Brasileira, lança seu novo EP, que mistura referências que a influenciam desde a adolescência, assim as composições soam mais pop rock do que nunca, trazendo uma nova estética ao seu trabalho. Segundo Natália, “‘ANTIPÁTICA’ é um resgate à conexão com a criança interior, com temáticas que buscam a compreensão e cura de problemáticas emocionais que me acompanham desde minhas primeiras criações”.
Siga natália carreira no Instagram.

Os Últimos Escolhidos do Futebol – O Catálogo de Clichês

Ah, a vida adulta quando temos vinte-e-tantos / quase-trinta / trinta-e-poucos anos. Várias particularidades; mas ainda mais vários clichês da rotina: casa, trabalho, família, banda, amores, desafetos. Tudo isso numa roupagem mais pop à sua sonoridade tingida de brasilidades, este segundo EP d’Os Últimos tá uma delícia, pronto pra conquistar o país todo (e quiçá o mundo).
Siga Os Últimos Escolhidos do Futebol no Instagram.

Ousel – Eu Nem Vi

A banda indie de Goiânia registra aqui uma transição em sua carreira, trazendo sua primeira música em português; enquanto renuncia às ambiências e distorções presentes em seus trabalhos anteriores, apostando numa sonoridade mais limpa e acessível. Este single também marca o início da colaboração do quinteto com o selo Before Sunrise Records.
Siga Ousel no Instagram.

Oxy – Pumpkins / Perks

O pós lançamento de “Push” (2022) não foi fácil: mudança de formação, HDs corrompidos, regravações. Mas, um ano depois, o promissor quinteto shoegazer brasiliense está de volta! Estas faixas fazem parte do EP “Besides”, que logo mais também vem ao mundo.
Siga Oxy no Instagram.

R4VEL – Planar

A banda paulistana de punk rock acaba de lançar seu novo single, “Planar”. Segundo R4VEL,
“a letra fala sobre a importância de acreditar em si mesmo e nunca desistir dos seus sonhos. É uma mensagem de esperança e força para todos que estão passando por momentos difíceis”. O single fará parte do álbum de estreia da banda, “Impermanente”, que será lançado em Novembro.
Siga R4VEL no Instagram.

Rolimã – Descuidado

Mal passaram 6 meses do lançamento de seu primeiro EP, “Retalho“, a banda de Águas de Lindoia, SP retorna com um novo single. Segundo eles, “a faixa se inspira nas experiências de uma pessoa distraída, desatenta e inquieta, que acaba desfocando facilmente nas situações do cotidiano e vida amorosa”. O clipe mostra um dia na vida de Renan, que acaba se distraindo e encontrando o amor.
Siga Rolimã no Instagram.

Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo – Música do Esquecimento

A banda paulistana de indie rock lança seu segundo álbum, “Música do Esquecimento”. O disco é resultado de um longo processo de produção, iniciado na pandemia. Diferente do álbum de estreia, este lançamento tem composições dos quatro integrantes e a banda “insiste em escrever músicas não-óbvias, e encontrar maneiras não-óbvias de cantá-las e tocá-las”. Lançamento do selo RISCO.
Siga Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo no Instagram.

Um Quarto (¼) – Ficologia

Após o primeiro EP, “Do Que Somos Capazes” (2019), a banda carioca lança o single “Ficologia”. Com influência de midwest emo, a música fala sobre o medo do dia seguinte ao melhor dia da sua vida. “Eu queria falar não apenas sobre o dia após um dos melhores da sua vida, como também do momento de ansiedade e melancolia que precede o fim desses dias incríveis. Justamente por isso eu queria criar uma música divertida, eu queria que fosse exatamente o que a canção tanto teme no final das contas: uma boa memória”, diz o compositor BB. O single fará parte do álbum de estreia da banda, “De Nossas Vidas”, que será lançado em Novembro.
Siga Um Quarto (¼) no Instagram.

Vida Ruim – Lado Oriental

Após cinco anos de seu último lançamento, a banda curitibana disponibiliza seu novo álbum, “Lado Oriental”, que vai “da surf music caótica ao hardcore desespero”. O lançamento foi feito em parceria com os selos Redlightz Records, Tu.Pank Records, Revelia Discos, KEROZENE Discos e Zoom Discos. A capa e o encarte do vinil contam com artes de Victor Stephan, Mario de Alencar e Chico Félix.
Siga Vida Ruim no Instagram.